-A cultura da melancia, a exemplo de outras oleráceas, tem na nutrição mineral um dos fatores que contribui diretamente na produtividade e na qualidade dos frutos. O trabalho teve como objetivo avaliar a eficiência agronômica e fisiológicas das cultivares Olimpia e Leopard sob diferentes doses de nitrogênio e fósforo via fertirrigação. O delineamento experimental adotado foi em blocos ao acaso com fatorial 4x4, os fatores estudados foram quatro doses combinadas de nitrogênio (N) e fósforo (P), sendo, respectivamente: T1(0; 0), T2(48; 88), T3(121; 220) e T4(218; 396); duas cultivares de melancieira e cinco épocas após transplantio (23, 30, 37, 46 e 58 DAT). As doses de N e P equivalem respectivamente a 0%, 40%, 100% e 180% da dose adotada pelos produtores locais do polo agrícola de Mossoró-Baraúna. Tratamento T3 (121 kg ha-1 de N e 218 kg ha-1 de P) que corresponde a dose adotada pelos produtores locais da região de Mossoró, foi o que mais incrementou na produtividade de ambas as culturas (Olimpia e Leopard), sendo considerado, agronomicamente, o mais eficiente para alcançar maior produtividade. O tratamento T2 (48 kg ha-1 de N e 88 kg ha-1 de P) que corresponde a 40% da dose adotada pelos produtores de Mossoró, foi o que mais incrementou nutrientes na planta (olimpia e Leopard), sendo considerado, fisiologicamente, o mais eficiente para acumular nutrientes na planta.

How to get this document?

Document information


Similar titles